Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Referências
Início do conteúdo da página

REFERÊNCIAS

Acessos: 517

 

Acesse os arquivos antigos dos planos de controle e prevenção do desmatamento:


PPCDAM 1ª Fase O plano foi criado diante da situação alarmante do desmatamento na Amazônia. Seu principal foco era reverter a derrubada da floresta e promover o desenvolvimento da região Amazônica, com inclusão social. O plano se estruturou em torno de quatro eixos principais: 1. ordenamento fundiário e territorial, 2.monitoramento e controle ambiental, 3. fomento a atividades produtivas sustentáveis e 4. infraestrutura ambientalmente sustentável.

PPCDAM 2ª Fase A segunda fase do PPCDAm (2009-2011) – Rumo ao Desmatamento Ilegal Zero – já colhia os resultados expressivos da redução do desmatamento, aprofundando ainda mais as operações de fiscalização, a exemplo da Arco de Fogo. Nesse período, os planos (o PPCerrado foi lançado em 2010) eram coordenados pela Casa Civil da Presidência da República. Nesta 2ª fase do PPCDAm, o modelo lógico foi formulado e, assim, foram mantidos três eixos e o eixo de infraestrutura deixou de existir.

PPCDAM 3ª Fase A terceira fase do PPCDAm (2012-2015) – Pelo Uso Sustentável e Conservação da Floresta – marca a transição da coordenação da Casa Civil para o MMA. Ainda, é construído um Programa Temático específico no PPA 2012-2015 para os planos: o Programa Florestas, Prevenção e Controle do Desmatamento e dos Incêndios.

PPCDAM 4ª Fase

e PPCERRADO 3ª Fase

A quarte fase do PPCDAM (2016-2020) e a terceira fase do PPCERRADO  passaram por uma reestruturação.  Nessa nova fase, as reuniões das comissões executivas (PPCDAM e PPCERRADO) foram unificadas. Além disso, foi incluído um quarto eixo aos planos de Instrumentos Econômicos e Normativos.

 


Avaliação Independente IPEA/GIZ/CEPAL (2007-2010) O propósito dessa avaliação independente foi aferir os resultados do PPCDAm entre 2007 a 2010, salientando os aspectos positivos e identificando problemas e desafios. Esse documento propôs recomendações que subsidiaram a elaboração da terceira fase do PPCDAm.

PPCerrado 1ª Fase Criado em 2010, o PPCERRADO 1ª Fase foi estruturado em torno de três componentes: 1. controle e monitoramento, 2. áreas protegidas e ordenamento territorial e 3. o fomento às atividades sustentáveis. Além de ampliar o foco sobre o controle dos incêndios florestais.

PPCerrado 2ª Fase A segunda fase do PPCERRADO segue o modelo de estruturação por eixos. Nele os macro-objetivos e resultados estratégicos foram divididos em três eixos: 1. fomento às atividades produtivas sustentáveis, 2. monitoramento e controle, e 3. áreas protegidas e ordenamento territorial.

Links Externos para conteúdos correlatos:    

PMABB O Programa de Monitoramento Ambiental dos Biomas Brasileiros foi criado a partir da Portaria MMA nº 365, de 27 de novembro de 2015. Seu objetivo é assegurar e coordenar a produção de dados de monitoramento remoto.

PRODES - INPE O projeto PRODES realiza o monitoramento por satélite do desmatamento por corte raso na Amazônia Legal e produz, desde 1988, as taxas anuais de desmatamento na região.

Monitoramento - IBAMA O Centro Nacional de Monitoramento Ambiental e Geoprocessamento também foi criado a partir da Portaria 365, de 27 de novembro de 2015, e congrega informações ambientais úteis ao combate ao desmatamento.

Fundo Amazônia O FA capta doações para investimentos não-reembolsáveis em ações de prevenção, monitoramento, combate ao desmatamento e promoção da conservação e uso sustentável na Amazônia Legal e nos demais biomas brasileiros. 

INDICAR Ferramenta que agrega informações sobre os indicadores de combate ao desmatamento nos estados da Amazônia Legal.
 
Programa Queimadas - INPE Criado pelo INPE, o Programa Queimadas: monitoramento por satélite agrega informações sobre alertas, focos e o mapeamento de áreas queimadas.


SINAFLOR Criado pelo IBAMA, O Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais integra o controle da origem da madeira, do carvão e de outros produtos ou subprodutos florestais.
Fim do conteúdo da página